Boletim Impostômetro - ICMS e IR são as principais fontes de arrecadação do estado

Data: 25/07/2019 Boletim Impostômetro - ICMS e IR são as principais fontes de arrecadação do estado

O Estado de Mato Grosso recolheu nos seis primeiros meses do ano o valor de R$ 16.600 bilhões em tributos pagos pela população mato-grossense. O montante atingiu a marca pouco depois das 16h do último dia útil do mês de junho (28). No mesmo período do ano passado, neste mesmo dia o valor recolhido era de R$ 15.555 bilhões, um acréscimo de 6,7%.

O balanço Impostômetro, feito pela Fecomércio-MT, observou que somente no mês de junho, o estado arrecadou em impostos, taxas, multas e contribuições pagos pela população à União, ao estado e municípios, o montante de R$ 2.456 bilhões.

A maior fatia da arrecadação do estado sobre produção e circulação vem do Imposto sobre Circulação de Mercadoria e Prestação de Serviços (ICMS). Sobre a renda e propriedade da população, o Imposto de Renda (IR) lidera em recolhimento em Mato Grosso.

O trabalhador concluiu também, neste mês, no dia 2 de junho, o tempo trabalhado somente para pagar impostos. Foram 153 dias, ou seja, cinco meses e dois dias no ano de 2019.